Ferramentas Elétricas – Dicas e Cuidados.

Dicas e cuidados com ferramentas elétricas.

A utilização de Ferramentas elétricas do tipo martelete, guinchos de colunas, furadeiras entre outros, se tornou um hábito muito comum, tanto no ambiente de trabalho, quanto em uso doméstico. O uso dessas ferramentas possibilita a realização de inúmeras atividades com rapidez e eficiência, como a colocação de um quadro em parede, remoção de pisos e azulejos, entre outros.

Existe uma questão muito importante que deve ser levada em consideração durante a utilização de ferramentas elétricas: a segurança.  Infelizmente, muitos acidentes acontecem, diariamente, com esse tipo de ferramenta.

Para evitar esse tipo de transtorno, vamos listar algumas dicas de trabalho e segurança:

1 – Leia as instruções de uso da máquina a ser utilizada.

Ler o manual de instruções pode ser considerado algo irrelevante pela maioria das pessoas. A ansiedade para a utilização do novo equipamento leva muitos a não dar a devida importância para o manual.

No manual de instrução das ferramentas elétricas, encontram-se as informações de como deve ser a utilização correta da ferramenta, a voltagem, cuidados a serem tomados pelo uso e conservação.

2 – Use (EPI’s) – Equipamentos de proteção individual.

A utilização de EPI’s é uma questão muito abordada dentro das empresas. Muitos acidentes acontecem pelo não uso desses equipamentos. São eles:

calçados de segurança, óculos de proteção, luvas, capacetes, protetores auriculares, entre outros.

É muito comum pessoas utilizarem os EPI’s no trabalho, mas em casa acabam deixando de lado. É necessário que haja uma conscientização para que esses equipamentos sejam utilizados também nas residências. No caso da furadeira, o operário de final de semana deverá usar luvas, óculos e protetor auricular.

3 – Mau uso das ferramentas elétricas.

O mau uso das ferramentas elétricas está atribuído a atitudes inconsciente que devemos levar em consideração:

Algumas pessoas utilizam o cabo para subir ou descer a ferramenta de lugares mais altos. Essa atitude vai diminuir a vida útil da ferramenta, pode desgastar o fio e provocar graves acidentes.

É importante verificar a voltagem da ferramenta elétrica para que não haja acidentes.

Ao término do trabalho, limpe e lubrifique o equipamento, aumentando assim a sua vida útil, evitando manutenções inesperadas.

4 – Escolha a ferramenta elétrica adequada.

Procure utilizar a ferramenta certa para cada tipo de atividade. Para um furo de um quadro não precisaremos de um martelete rompedor de 11 kilos, uma simples furadeira home nos atenderia.

Quando utilizamos a ferramenta errada, além de danificarmos o equipamento, podemos causar acidentes, pois se a ferramenta não foi idealizada ou construída para um determinado serviço, não se pode ter garantia de segurança e qualidade.